Feira de Santana e Sua História

Com 61 anos, Igreja dos Capuchinhos marca a história religiosa de Feira

A história da igreja foi lembrada pelos convidados que estavam presentes no lançamento do projeto Projeto Feira de Santana e Sua História, ocorrido na última quinta-feira (31).

04/09/2022 12h07
Com 61 anos, Igreja dos Capuchinhos marca a história religiosa de Feira
Foto: Divulgação

Kleiton Costa

A Igreja de Santo Antônio, dos frades capuchinhos, marcou a vida religiosa de Feira de Santana e suscita lembranças fresquinhas na memória dos feirenses que testemunharam a construção do templo. 

A ideia de construir a igreja surgiu em 1949, quando o Padre Custódio e o Provincial Frei Germano de Colli planejaram criar um Seminário. Depois de vários trâmites burocráticos, no dia 28 de outubro de 1951 aconteceu a Benção solene da 1ª pedra para a construção da casa dos capuchinhos e a chegada da imagem de Santo Antônio. 

A história da igreja foi lembrada pelos conviadados que estavam presentes no lançamento do projeto Projeto Feira de Santana e Sua História, ocorrido na última quinta-feira (31).

O professor Evandro Oliveira foi o primeiro feirense a ver a planta da igreja. “Foi uma coincidência, entre 1949 e 1950. Eu era oriundo do Instituto Baiano de Ensino e o meu professor de desenho era o arquiteto que fez a planta. Ele perguntou na sala de aula se havia um feirense e disse: ‘venha ver a planta da igreja que será construída em sua cidade’ ”, relatou Evandro.   

Com intensa vida católica, o médico João Batista Cerqueira explicou que “o lançamento da pedra fundamental do complexo religioso dos Capuchinhos foi em 1951 e a pedra fundamental da igreja foi em 1957”. 

O radialista Dilson Barbosa começou a frequentar a igreja com 9 anos de idade, quando ia para a missa quase diariamente com a mãe. “Eu vi a colocação da pedra fundamental da igreja. É um registro que eu guardo na minha memória de criança”, relatou Dilson, que ainda de recorda das chuvas que enfrentou na caminhada para a igreja em meio ao mato – poucas ruas existiam na época. 

Comentários

Leia também

Feira de Santana e Sua História
Artista plástico evidencia monumentos feirenses em pintura realista

Artista plástico evidencia monumentos feirenses em pintura realista

Obra de arte está exposta na Associação Comercial de Feira de Santana (Acefs)
Feira de Santana e Sua História
Mulheres protagonistas: Conheça a história das feirenses que revolucionaram a cidade

Mulheres protagonistas: Conheça a história das feirenses que revolucionaram a cidade

Além de Maria Quitéria, diversas mulheres marcaram a trajetória do município
Feira de Santana e Sua História
Feira 200 anos: Publicitária destaca como sentimentos movimentam ideias

Feira 200 anos: Publicitária destaca como sentimentos movimentam ideias

Publicitária destaca que sentimento de amor pelo local motiva a criação de ideias