Mundo

China reforça policiamento para reprimir protestos contra a política de prevenção da covid

Policiais bloquearam rua Wulumuqi em Xangai para impedir protestos contra a política de covid zero

29/11/2022 13h02
China reforça policiamento para reprimir protestos contra a política de prevenção da covid
Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (29), policiais chineses foram vistos patrulhando áreas onde alguns grupos no aplicativo de mídia social Telegram propuseram novas manifestações.

Os protestos da China contra as medidas anti-covid que eclodiram no fim de semana parecem ter diminuído, à medida que as autoridades começam a reprimi-los.

Um pequeno protesto na cidade de Hangzhou, no sul, na noite de segunda-feira também foi interrompido rapidamente e prisões efetuadas, segundo imagens de mídia social verificadas pela BBC.

Segundo a imprensa, a polícia estava parando as pessoas e revistando suas casas para verificar se elas tinham redes virtuais privadas (VPNs) configuradas, bem como aplicativos como Telegram e Twitter, que são proibidos na China.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Mundo
Donald Trump é considerado culpado em mais de 30 acusações

Donald Trump é considerado culpado em mais de 30 acusações

Essa é a primeira vez que um ex-presidente dos EUA foi acusado e recebe condenação criminal;...
Mundo
Presidente do Irã morre em acidente de helicóptero

Presidente do Irã morre em acidente de helicóptero

O veículo aéreo caiu em uma região de montanhas no noroeste do país em meio à uma...
Mundo
Israel lança ataque contra o Irã, afirma imprensa dos EUA

Israel lança ataque contra o Irã, afirma imprensa dos EUA

Até o momento nenhum dos países se manifestou oficialmente sobre o caso