Feira de Santana

Caso seja candidato, Zé Ronaldo deseja ter apoio do PP nas eleições 2024

Zé Ronaldo salienta que já conversou com membros do partido sobre o assunto

19/10/2023 05h20
Caso seja candidato, Zé Ronaldo deseja ter apoio do PP nas eleições 2024
Foto: De Olho na Cidade

Sendo um dos nomes especulados nas eleições municipais de 2024, o ex-prefeito José Ronaldo (UB) afirmou que, caso seja um dos candidatos a prefeito de Feira de Santana, deseja ter o apoio do Partido Progressista (PP). Conforme Ronaldo, ele já dialogou com alguns dos membros dos partidos e expressou seu interesse.

“Eu tenho uma boa relação com deputados do PP, alguns já há algum tempo e outros fruto do trabalho que aconteceu ao longo da campanha política do ano passado. Então, em conversas, com o João Leão, Cacá Leão, e com vários deles, eu disse que, se realmente eu vier ser candidato a prefeito de Feira de Santana, gostaria muito de ter o apoio do PP. Foi uma conversa simples, sem muitos rodeios, uma relação de amizade que eu tenho com todas essas pessoas, mas se acontecer a minha candidatura, que até janeiro define totalmente, eu gostaria realmente de ter o apoio desse partido”, disse Zé Ronaldo em entrevista ao programa De Olho na Cidade da rádio Sociedade News FM (102.1) com Jorge Biancchi.

Ainda, Zé Ronaldo pontua que também já conversou com o presidente do partido, Yuri Guimarães, que foi empossado recentemente.

“Já conversei com Yuri algumas vezes, antes mesmo dele assumir o partido e eu que ele é um jovem muito inteligente. Se ele resolvesse ser candidato, eu acho que ele teria futuro no mundo da política, porque ele tem traquejo político, ele tem habilidades. Creio que ele seria, sem dúvida, uma pessoa vitoriosa”, salientou.

A respeito do seu grupo político, Zé Ronaldo destacou que a união é o principal objetivo. Segundo o ex-prefeito, ele já está dialogando com diferentes pessoas envolvidas.

“Eu acho que todos podem contribuir em busca da união, e para se conseguir isso, eu acho que só dialogando e ouvindo as pessoas e eu estou tentando, estou buscando conversar, acho que é muito importante isso, daqui até dezembro e janeiro, o papel mais importante da eleição é esse. O ano de 2023 é o ano pré-eleitoral, é um diferente da eleição. O ano da eleição vai chegar em fevereiro ou março e ai é a correria, outras ações que devem ser feitas, outros objetivos que devem ser alcançados. Já está se fazendo também agora, mas ainda com pouco, sem pressa, é preciso que realmente todos nós entendamos a necessidade de fazer esse diálogo e para isso tem de escutar todo mundo”, destacou.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Em meio a situação de emergência, vereador sugere cancelamento da Micareta

Em meio a situação de emergência, vereador sugere cancelamento da Micareta

Em meio a problemas de infraestrutura, político destaca necessidade de investimentos para...
Feira de Santana
Feira alcança a marca de 1.700 crianças vacinadas contra a dengue

Feira alcança a marca de 1.700 crianças vacinadas contra a dengue

Vacinação continua nesta quinta-feira (22) nas UBSs, USFs e no auditório da SMS
Feira de Santana
Feira de Santana registra 166 casos de dengue e especialista reforça importância da hidratação

Feira de Santana registra 166 casos de dengue e especialista reforça importância da hidratação

O exame de diagnóstico é gratuito, disponível no Ambulatório Municipal de Infectologia...