Feira de Santana

Câmara aprova e amplia a recomposição salarial de servidores públicos municipais

O projeto do executivo solicita um reajuste de 5%

30/06/2022 14h16
Câmara aprova e amplia a recomposição salarial de servidores públicos municipais

Os vencimentos dos servidores públicos municipais de Feira de Santana serão revistos e terão 11,73% acrescidos aos salários pagos no mês de dezembro de 2021, a título de recomposição salarial. A medida está prevista no Projeto de Lei no 048/2022, aprovado na Câmara Municipal durante a sessão desta quinta-feira (30). De autoria do Executivo, a proposta previa, inicialmente, o reajuste de 5%, no entanto, após receber emendas, o percentual foi alterado para 11,73%. 

A mesma emenda mantém a aplicação da medida a todas as categorias dos servidores públicos, em exceção dos professores, especialistas em educação e secretários escolares da Rede Municipal de Ensino. No entanto, exclui os Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias da restrição então prevista pelo Poder Executivo.  

Alterado por outra emenda, o artigo 2o amplia a recomposição a todas as categorias dos servidores públicos que possuírem piso salarial. As demais disposições não sofreram alterações. Desta forma, está mantido o acréscimo do mesmo percentual dos servidores públicos aos vencimentos dos aposentados e pensionistas, bem como, a garantia de que, a partir de 01 de janeiro de 2022, o menor vencimento pago pela Administração Municipal é de R$ 1.212,00.

*Ascom Câmara Municipal de Feira de Santana

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Dissidentes da Aspra devem formar nova associação em Feira

Dissidentes da Aspra devem formar nova associação em Feira

A assembleia vai ocorrer no auditório do Hotel Acalanto, a partir das 19h30.
Feira de Santana
Professores da rede municipal protestam contra cortes no salário

Professores da rede municipal protestam contra cortes no salário

Os professores cobram resposta da Secretária de Educação sobre a pauta de reivindicações...
Feira de Santana
Após pedido de relaxamento de prisão, familiares de jovens mortos em Jaíba cobram posição da justiça