Bahia

Cade abre investigação por ‘possível prática anticompetitiva’ da refinaria de Mataripe

Será investigada a conduta da empresa e os preços de venda de óleo cru praticados pela Petrobras para a empresa

06/06/2022 06h50
Cade abre investigação por ‘possível prática anticompetitiva’ da refinaria de Mataripe
Foto: Carol Garcia/GOVBA

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu um inquérito administrativo para investigar se existe conduta de infração concorrencial com referência a preços praticados pela refinaria de Mataripe (BA), operada pela Acelen. Será investigada a conduta da empresa e os preços de venda de óleo cru praticados pela Petrobras para a empresa.

Segundo o Globo, a abertura de inquérito foi sugerida pelo Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo da Bahia ao Cade, que regulamenta a concorrência no Brasil. O pedido se refere a um procedimento preparatório que havia sido aberto no Cade para investigar o caso e que, recentemente, havia sido arquivado.

Ao Cade, os sindicatos indicaram que a Acelen supostamente estaria comercializando gasolina A e diesel S10 por preços mais elevados no Estado da Bahia, relativamente a outros Estados para onde fornece menores quantidades desses combustíveis, com custos logísticos maiores.

*Bahia Notícias

Comentários

Leia também

Bahia
Após pedido do prefeito Júnior Piaggio, recuperação da BA-120 é iniciada
Bahia
TRE-BA inicia convocação de mesários

TRE-BA inicia convocação de mesários

Apesar do início da convocação, o TRE baiano reforça que permanecem abertas as inscrições...
Bahia
Detran-Ba realiza leilão virtual de veículos e sucatas no interior da Bahia

Detran-Ba realiza leilão virtual de veículos e sucatas no interior da Bahia

Os interessados devem acessar o site do Detran, na aba leilões, seguir as regras e ver...