Brasil

Brasil terá 704 mil novos casos de câncer por ano até 2025, diz Inca

Mama e próstata são as doenças de maior incidência

23/11/2022 13h11
Brasil terá 704 mil novos casos de câncer por ano até 2025, diz Inca
Foto: Pixabay

O Brasil deve registrar 704 mil novos casos de câncer por ano de 2023 a 2025, com destaque para as regiões Sul e Sudeste, que concentram cerca de 70% da incidência. A estimativa foi divulgada hoje (23) pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca).

A publicação Estimativa 2023 – Incidência de Câncer no Brasil mostra que o tumor maligno mais incidente é o de pele não melanoma, com 31,3% do total de casos, seguido pelos de mama feminina (10,5%), próstata (10,2%), cólon e reto (6,5%), pulmão (4,6%) e estômago (3,1%).

Segundo a pesquisadora do Inca Marceli Santos, os casos no Brasil estão ficando semelhantes, de uma forma geral, com os tipos de câncer que acometem os países mais urbanizados: mama, cólon e reto e pulmão.

Nas mulheres, o câncer de mama é o mais incidente (66,54%), depois do de pele não melanoma, com 74 mil novos casos previstos por ano até 2025. Nas regiões mais desenvolvidas do país, em seguida vem o câncer colorretal, mas, nas de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o tumor do colo do útero ocupa esta posição.

Nos homens, o câncer de próstata é predominante em todas as regiões, com incidência de 67,86%, totalizando 72 mil casos novos estimados a cada ano até 2025, atrás do câncer de pele não melanoma. Nas regiões de maior IDH, os tumores malignos de cólon e reto ocupam a segunda e terceira posição, e, nas menos desenvolvidas, o câncer de estômago é o segundo ou terceiro mais frequente.

Ao todo, foram estimadas as ocorrências para 21 tipo de câncer mais incidentes no país, dois a mais que na publicação anterior, com a inclusão dos tumores de pâncreas e fígado.

De acordo com a pesquisadora da Coordenação de Prevenção e Vigilância do Inca Marianna Cancela, a equipe decidiu incluir esses cânceres por serem um problema de saúde pública em regiões brasileiras e também com base em estimativas mundiais.

“O câncer de fígado aparece entre os dez mais incidentes na Região Norte, estando relacionado a infecções hepáticas e doenças hepáticas crônicas. O câncer de pâncreas aparece entre os dez mais incidentes na Região Sul, sendo seus principais fatores de risco a obesidade e o tabagismo”, disse Marianna.

*Agência Brasil

Comentários

Leia também

Brasil
Parte do RS entra em alerta para riscos de novas inundações devido às fortes chuvas

Parte do RS entra em alerta para riscos de novas inundações devido às fortes chuvas

O asfalto também ficou danificado devido ao volume de água
Brasil
Guaíba atinge 4 metros e chega a nível mais baixo dos últimos 19 dias

Guaíba atinge 4 metros e chega a nível mais baixo dos últimos 19 dias

Apesar da baixa, o nível do Guaíba ainda está acima da cota de inundação
Brasil
Enchentes no RS: Tragédia soma 161 mortes e registra primeiro caso fatal de leptospirose

Enchentes no RS: Tragédia soma 161 mortes e registra primeiro caso fatal de leptospirose

Após quase três semanas de interrupção das aulas devido à inundação causada pelo...