Esporte

Brasil funciona com esquema ofensivo e bate Gana em penúltimo amistoso antes da convocação

Marquinhos abriu placar, mas Richarlison (com dois gols marcados) foi destaque da partida contra fraquíssima seleção africana

23/09/2022 17h42
Brasil funciona com esquema ofensivo e bate Gana em penúltimo amistoso antes da convocação
Foto: DAMIEN MEYER/AFP – 23.9.2022

O tão falado esquema ofensivo da seleção brasileira funcionou. Pelo menos em parte. Em seu penúltimo jogo antes da convocação para a Copa do Mundo, o time que busca o hexacampeonato goleou nesta sexta-feira (23) a fraquíssima Gana por 3 a 0 no Stade Océane, em Le Havre, na França. Marquinhos e Richarlison (duas vezes) marcaram os gols.

Já o próximo, e último, compromisso do time do técnico Tite antes da fase de prepração final acontece na próxima terça (27), a partir das 15h30 (de Brasília), contra a Tunísia. A partida será no Parque dos Príncipes, casa do Paris Saint-Germain.

Além da estreia do uniforme novo, a partida serviu também para testar a formação com Éder Militão na lateral-direita, Lucas Paquetá ao lado de Casemiro no meio-campo e o ataque com Vini Jr., Richarlison e Neymar. Entre esses todos, Richarlison é quem mais tem concorrência por uma vaga e foi quem mais aproveitou as chances. No banco de reservas, Matheus Cunha, Roberto Firmino e Pedro disputam uma vaga; isso sem falar de Gabriel Jesus, que ficou de fora.

Se o adversário já não era dos mais bem qualificados, a coisa ficou ainda mais fácil depois dos 9 minutos. Raphinha cobrou escanteio e o zagueiro Marquinhos, livre na marca do pênalti, cabeceou para abrir o placar.

Com mais espaços para jogar, já que Gana não oferecia perigo ao goleiro Alisson, o meio-campo passou a dominar a partida — a melhor chance dos africanos foi com André Ayew, que acertou o travessão no segundo tempo. Foi um festival de chances criadas até que Richarlison recebeu ótimo passe de Neymar e, de primeira, marcou o segundo gol da seleção aos 27 minutos. O terceiro, também com o camisa 9, de cabeça, demorou mais 12 minutos.

Antes dos 15 minutos do segundo tempo, Tite promoveu uma enxurrada de alterações que acabaram descaracterizando a equipe ofensiva de antes. Fabinho, Antony e Matheus Cunha entraram, mas o ritmo da partida já era outro. Apesar das chances nos minutos finais, o placar permaneceu o da primeira etapa.

Depois desta série de amistosos, a expectativa da seleção brasileira estará na convocação dos agora 26 atletas para o Catar 2022 — a Fifa aprovou em junho a inclusão de mais três nomes na lista final. A tendência é que os atletas sejam anunciados em 7 de novembro, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

O Brasil, que está no Grupo G, estreia na Copa do Mundo em 24 de novembro, quatro dias depois da abertura. Ainda na primeira fase, o time pentacampeão encara Suíça e depois Camarões.

*R7

Comentários

Leia também

Esporte
Renato Paiva é oficializado como novo técnico do Bahia

Renato Paiva é oficializado como novo técnico do Bahia

O anúncio da chegada de Paiva foi feito pelo clube por meio de uma nota de boas-vindas...
Esporte
Pelé tem melhora progressiva em quadro de saúde, afirma comunicado

Pelé tem melhora progressiva em quadro de saúde, afirma comunicado

O Rei do Futebol "permanece com sinais vitais estáveis, consciente”, diz nota enviada...
Esporte
Nos pênaltis, Marrocos vence Espanha e se classifica às quartas de final

Nos pênaltis, Marrocos vence Espanha e se classifica às quartas de final

O próximo adversário da seleção marroquina será definida após o resultado da disputa...