Política

Bolsonaro diz que não será possível reajustar salário de servidores este ano

Segundo ele, aumento de 5% custaria em torno de R$ 7 bilhões, o que “atrapalharia o funcionamento do Brasil”

07/06/2022 16h41
Bolsonaro diz que não será possível reajustar salário de servidores este ano
Foto: Reprodução, Instagram/@jairmessiasbolsonaro

Para evitar atrapalhar o “funcionamento do Brasil”, o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, nesta terça-feira (7), que não dará reajuste a servidores federais em 2022. A previsão do chefe do Executivo era conceder um reajuste de 5% para as carreiras, o que custaria algo em torno de R$ 7 bilhões.

“Algumas categorias pedem reestruturação. Agora, quando você fala em reestruturar uma carreira, as outras não admitem sem que a delas também seja reestruturada. Não tem recurso para tal. E se você dá esses R$ 7 bilhões agora, que seria 5% de reajuste, você vai para R$ 16 bilhões dentro do teto. Você vai pegar o Ministério da Infraestrutura, por exemplo, vai demitir daqui a 20 dias 20 mil pessoas e as obras vão parar. Você vai ter um corte que vai atrapalhar o funcionamento do Brasil”, apontou o presidente.

“Então, eu lamento. Pelo que tudo indica, não será possível dar nenhum reajuste para servidor no corrente ano. Mas já está na legislação nossa, a LOA, que, para o ano que vem, teremos reajustes e reestruturações”, concluiu.

Na segunda-feira (6), o Ministério da Economia informou que o segundo bloqueio nos gastos dos ministérios será de R$ 6,96 bilhões, menor que os R$ 8,2 bilhões anunciados em maio. A redução foi possível porque o governo federal desistiu de reserva R$ 1,74 bilhões destinados ao pagamento de reajuste de servidores.

Além disso, o montante oferecido anteriormente pelo governo aos servidores públicos não foi aceito por estar abaixo do esperado pelas categorias que vêm deflagrando greves e paralisações desde o começo do ano.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Política
Auxiliar de Guedes, Daniella Marques vai presidir Caixa, revela colunista

Auxiliar de Guedes, Daniella Marques vai presidir Caixa, revela colunista

Investigado pelo MPF por assédio sexual, atual presidente Pedro Guimarães deve renunciar...
Política
“Não vamos abrir mão de indicar o vice de ACM Neto”, diz presidente nacional do Republicanos

“Não vamos abrir mão de indicar o vice de ACM Neto”, diz presidente nacional do Republicanos

Presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira reinvidicou, em entrevista ao blog...
Política
Jerônimo Rodrigues recebe apoio de prefeitos do PP e Republicanos

Jerônimo Rodrigues recebe apoio de prefeitos do PP e Republicanos

“Juntos, vamos caminhar mais fortes para garantir a vitória de Lula", disse o petista ...