Política

Bolsonaro diz que extirpou a corrupção no Brasil em discurso na ONU

Sem citar nomes, presidente provocou Lula (PT) ao falar sobre corrupção na Petrobras

20/09/2022 12h34
Bolsonaro diz que extirpou a corrupção no Brasil em discurso na ONU
Foto: Reprodução

Durante o discurso de abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizado na manhã desta terça-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro (PL) exaltou feitos do seu governo e aproveitou a oportunidade para atacar a esquerda brasileira além de, sem citar nomes, provocar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal rival nas eleições deste ano.

Na ocasião, Bolsonaro lembrou dos casos de corrupção envolvendo a Petobras e disse que o responsável foi condenado em três instâncias. “No meu governo, extirpamos a corrupção sistêmica que existia no país. Somente entre o período de 2003 e 2015, onde a esquerda presidiu o Brasil, o endividamento da Petrobras por má gestão, loteamento político em e desvios chegou a casa dos US$ 170 bilhões de dólares. O responsável por isso foi condenado em três instâncias por unanimidade. Delatores devolveram US$ 1 bilhão de dólares e pagamos para a bolsa americana outro bilhão por perdas de seus acionistas”, disse o presidente.

Conforme é tradição na Assembleia Geral da ONU, o presidente brasileiro foi o primeiro chefe de Estado a falar no evento, na sede do órgão, em Nova York. Ele estava acompanhado da primeira-dama, Michelle. Bolsonaro também comentou sobre a economia brasileira, além do meio ambiente, e os transtornos ocasionados pela guerra da Rússia com a Ucrânia.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Política
STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

Prazo dado por Zanin foi para a efetivação de acordo entre governo e Congresso sobre...
Política
“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

Roma mencionou a falta de cumprimento das promessas feitas durante as campanhas eleitorais....
Política
CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

Governistas obstruíram e conseguiram segurar a votação na comissão. Análise deve ficar...