Política

Balanço do Ministério da Justiça registra 920 ocorrências de crime eleitoral ao longo do domingo

Número inclui 310 casos de boca de urna e 55 violações do sigilo do voto.

02/10/2022 21h41
Balanço do Ministério da Justiça registra 920 ocorrências de crime eleitoral ao longo do domingo

Boletim divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no início da noite deste domingo (2) aponta que 920 crimes eleitorais foram registrados pelas forças de segurança em todo o país no domingo de eleições.

O número inclui, segundo o documento:

Ao todo, mais de 156 milhões de brasileiros estiveram aptos a votar nas eleições deste ano. Os eleitores devem votar para deputado federal, deputado estadual (ou distrital), senador, governador e presidente da República.

O Código Eleitoral proíbe candidatos, órgãos partidários e qualquer pessoa de fornecer transporte ou refeições aos eleitores. O objetivo dessa norma, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, é impedir a captação ilícita de votos.

Também constitui crime eleitoral a compra de votos, por vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública.

O Código Eleitoral ainda estabelece que ninguém poderá impedir ou atrapalhar outra pessoa de votar. Em caso de comprovação, o autor do crime poderá pegar até seis meses de detenção.

As informações são do G1.

Comentários

Leia também

Política
PT pode perder domínio da Saúde e da Educação para garantir apoios a Lula

PT pode perder domínio da Saúde e da Educação para garantir apoios a Lula

O PT, no entanto, já decidiu que não abrirá mão do ministério que cuidará do Bolsa...
Política
Cotado para ser ministro de Lula, Rui participa de evento com equipe de transição e critica orçamento secreto

Cotado para ser ministro de Lula, Rui participa de evento com equipe de transição e critica orçamento secreto

Governador criticou ainda a transformação da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos...
Política
Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Presidente eleito se reuniu com conselheiro dos EUA