Bahia

Bahia tem mais de 17 mil empresas criadas em julho e lidera estatística no Nordeste

A Bahia foi o estado com maior criação de companhias do Nordeste e ficou em sétimo lugar no ranking nacional.

26/10/2022 11h52
Bahia tem mais de 17 mil empresas criadas em julho e lidera estatística no Nordeste
Foto: Yago Matheus/ SEI

A Bahia registrou 17.588 novas empresas apenas no mês de julho, segundo levantamento realizado pelo Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian. A Bahia foi o estado com maior criação de companhias do Nordeste e ficou em sétimo lugar no ranking nacional.

A região Nordeste, no geral, criou 55.940 negócios. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, o índice revelou queda de 16,8%. A região fica em terceiro lugar, atrás da Sul (61.741) e Sudeste (168.993), em relação ao número de novas empresas, sendo que a Centro-Oeste (30.621) e Norte (15.903) tiveram os menores destaques registrados.

Segundo o estudo, o segmento de Serviços é a principal escolha dos empreendedores e contempla 231.796 novas empresas dentro do total registrado. O setor do Comércio é responsável pela abertura de 75.484 negócios e o de Indústria 22.362, restando 3.556 empresas em categorias variadas. No Brasil, em geral, foram geradas 333.198 empresas em julho.

*Bahia Notícias

Comentários

Leia também

Bahia
Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Os dados foram apresentados pelas Forcas da Segurança Pública, na manhã desta quarta-feira...
Bahia
Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

O objetivo é ampliar as unidades do programa e coordenar ações conjuntas entre o BNB...
Bahia
Governo federal deve autorizar BYD a herdar benefícios fiscais da extinta Ford na Bahia

Governo federal deve autorizar BYD a herdar benefícios fiscais da extinta Ford na Bahia

Chineses pleiteiam junto ao governo continuar com as facilidades fiscais ampliadas até...