Bahia

Bahia: abates de suínos e bovinos registram alta, mas frango recua no 2º trimestre

A produção de leite também teve queda no período

06/09/2022 15h39
Bahia: abates de suínos e bovinos registram alta, mas frango recua no 2º trimestre
Foto: Arquivo/ Agência Brasil

O abate de suínos na Bahia somou 67.215 animais no segundo trimestre deste ano, resultado 38,8% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, o melhor resultado do estado para os meses de abril a junho, desde o início da série histórica, em 1997, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (6).

O levantamento realizado pelo Instituto indicou que a Bahia é o 10º maior produtor de suínos do país, responsável por 0,5% do abate nacional. O estado que lidera é Santa Catarina, com 28,4% do total.

Em relação ao Brasil, no 2º trimestre de 2022, foram abatidos 14,069 milhões de suínos, o melhor resultado da série histórica no país, com avanço de 3,0% frente ao trimestre imediatamente anterior e 7,2% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

Bovinos

Entre os meses de abril a junho, foram abatidas 253.086 cabeças de bovinos na Bahia, um avanço de 8,4% ante o 1º trimestre de 2022 e de 12,6% frente ao 2º trimestre do ano passado, conforme pesquisa do IBGE.

Mesmo com a alta, o número de animais abatidos ainda está 29,7% abaixo do recorde do estado, registrado no 4º trimestre de 2013.

Na comparação nacional, no mesmo período, foram abatidas 7,379 milhões de cabeças de bovinos, 5,7% maior do que o registrado no trimestre imediatamente anterior e 3,5% superior do que a do 2º trimestre de 2021.

A Bahia é o 11º maior produtor de carne bovina do país, indicando 3,4% do abate nacional. Quem lidera o ranking é o Mato Grosso, com 15,0% de participação no 2º trimestre deste ano.

Frangos e produção de leite

Em relação ao abate de frangos e a produção de leite, o dado do IBGE mostrou que foram os setores que apresentaram resultados negativos no 2º trimestre, na Bahia.

Entre abril e junho, no estado, foram abatidos 33.048.683 frangos. O valor indicou um recuo de 7,9% ante o recorde estabelecido no 1º trimestre deste ano e ficou 2,6% menor do que o resultado do 2º trimestre de 2021.

Em relação ao Brasil, no 2º trimestre de 2022, foram abatidos 1,504 bilhão de frangos. O número foi 2,7% inferior ao do 1º trimestre e 1,4% menor do que o 2º trimestre de 2021.

A Bahia é o 9º maior produtor nacional, com 2,2% dos frangos abatidos no país. O líder é o Paraná, com 34,6% do total.

Já a aquisição de leite cru no estado foi de 130,7 milhões de litros na ocasião, 16,4% menor que a do trimestre imediatamente anterior (156,4 milhões de litros) e queda de 13,1% frente ao 2º trimestre de 2021 (150,4 milhões de litros).

Enquanto isso, a pesquisa indicou que a aquisição nacional de leite cru foi de 5,4 bilhões de litros, uma baixa de 8,9% frente ao trimestre imediatamente anterior (5,9 bilhões) e de 7,6% em relação ao 2º trimestre de 2021 (5,8 bilhões).

O estado da Bahia ocupa o sétimo lugar no ranking de maiores produtores de leite do Brasil, respondendo, no 2º trimestre de 2022, por 2,4% do leite adquirido no país. Minas Gerais segue liderando amplamente, com 25,0% do total.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Bahia
Anguera: Prefeitura confirma atrações para festa de réveillon

Anguera: Prefeitura confirma atrações para festa de réveillon

Festividade está cotada como a maior do estado
Bahia
Rodovias são recuperadas e liberadas após danos causados pela chuva

Rodovias são recuperadas e liberadas após danos causados pela chuva

O trecho entre os municípios de Vereda e Nova Alegria, da BA-126, permanece bloqueado...
Bahia
Em apoio à Defesa Civil, SSP ativa o Centro Integrado de Comando e Controle para monitorar chuvas

Em apoio à Defesa Civil, SSP ativa o Centro Integrado de Comando e Controle para monitorar chuvas

Unidade ficará ativada por tempo indeterminado, a partir das demandas que surgirem