Esporte

Atleta feirense busca recursos para participar de Campeonato Mundial de Karatê no Japão

Com apenas 10 anos, karateca Sofia Rosa já possui sete medalhas de ouro e duas de prata

06/12/2023 12h00
Atleta feirense busca recursos para participar de Campeonato Mundial de Karatê no Japão
Foto: Ednalva Valença

A atleta Sofia Rosa, de 10 anos, aluna do professor de karatê Adriano Júlio, está em busca de recursos para participar de uma competição internacional de karatê no Japão. A karateca começou os treinamentos aos 8 anos de idade, e desde então, as conquistas só aumentaram.

“Eu sempre gostei de Karatê e ficava pedindo para minha mãe para eu começar a fazer e quando eu comecei a fazer, gostei, queria mais e minha mãe me inscreveu para fazer parte de uma competição. Eu estava bem nervosa naquele dia e quando anunciou ‘campeã, Sofia Rosa Dantas’, eu comecei a chorar de felicidade, foi ali que eu falei, ‘mãe, eu quero, eu quero, eu quero, mais, e mais, e mais’ Agora eu já tenho sete medalhas de ouro e duas de prata”, relata a atleta em entrevista ao De Olho na Cidade.

Conforme o professor Adriano Júlio, a Sofia é um dos talentos que estão surgindo em Feira de Santana, e se destaca pela sua determinação e coragem.

“E assim como ela, que se destacou bastante na última temporada, sendo campeã brasileira e baiana, nós temos também outros vários atletas que estão convocados, mas que estão com dificuldades para conseguir recursos para viajar e representar a Feira de Santana, Bahia e o Brasil no Campeonato Mundial do Japão”, afirma o professor.

Para conhecer mais sobre o trabalho e apoiar os atletas, interessados podem acompanhar a partir do instagram: @astekaskarate.

O KARATÊ

A arte marcial Karatê tem origem japonesa e seu objetivo é ensina golpes de autodefesa sem utlização de armas de qualquer espécie. De acordo com o professor Adriano Júlio, a sua prática promove desenvolvimento da coordenação motora, mobilidade fisica, além das técnicas de defesa pessoal.

“O Karatê trabalha muito a questão do respeito, da integração, então ajuda as crianças a socializarem melhor. Muitas crianças hoje estão determinando muito tempo da sua vida as telas, como o celular, o computador, o videogame, etc. No Karatê, elas tem um momento ali para socializarem, para fazer uma atividade física, pois precisa haver interação com os colegas e com os professores”, destaca o professor.

Ainda, o treinador pontua que a prática é para todas as pessoas, independente do gênero ou idade.

*com informações de Ednalva Valença.

Comentários

Leia também

Esporte
Vitória enfrenta Juazeirense pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste

Vitória enfrenta Juazeirense pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste

No torneio regional, o Leão soma um empate por 0 a 0 contra o Altos, fora de casa, e uma...
Esporte
Morre Luiz Didão, ex-jogador do Bahia, Bahia de Feira e Leônico

Morre Luiz Didão, ex-jogador do Bahia, Bahia de Feira e Leônico

Ele estava internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).
Esporte
Supercopa do Brasil feminina: CBF confirma datas e horários das semis

Supercopa do Brasil feminina: CBF confirma datas e horários das semis

Avaí e Cruzeiro abrem a próxima fase na quarta-feira