Brasil

Anac confirma tendência de elevação nos preços das passagens aéreas

Agência atribui alta à pressão do preço do querosene de aviação

08/07/2022 09h52
Anac confirma tendência de elevação nos preços das passagens aéreas
Foto: Agência Brasil

O preço médio das passagens áreas no Brasil vão manter a tendência de alta neste ano, de acordo com novos dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O valor médio da tarifa aérea doméstica, nos primeiros quatro meses de 2022, manteve a tendência de elevação, atingindo o patamar de R$ 580,41, com alta de 21,52% na comparação com o mesmo período de 2019, que antecedeu a pandemia de Covid-19. 

A explicação oferecida pela Anac é de que o querosene de aviação (QAV), combustível que teve peso de 36% na planilha de custos das empresas aéreas nos primeiros meses do ano, acumulou uma alta de 96,7% no período, quando comparado com os preços praticados no mesmo período há três anos.

Ainda segundo a Anac, aproximadamente 6% das passagens custaram mais de R$ 1.500 no primeiro quadrimestre. Além de 33% dos bilhetes aéreos foram comercializados com valores abaixo de R$ 300, e 58% custaram até R$ 500.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Brasil
Consumidores apresentam quase 1 milhão de reclamações na Anatel

Consumidores apresentam quase 1 milhão de reclamações na Anatel

Queixas foram contra serviços de telefonia, internet e TV
Brasil
Termina nesta segunda o prazo para prefeituras fazerem cadastros no Bem-Taxista
Brasil
Justiça do PR nega habeas corpus a policial que matou tesoureiro do PT

Justiça do PR nega habeas corpus a policial que matou tesoureiro do PT

Guaranho segue preso no Complexo Médico Penal, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba...