Feira de Santana

Agentes de segurança pública avaliam Micareta deste ano e apontam melhorias para 2024

Segundo o chefe de gabinete da SSP, Nelson Gaspar, a avaliação foi positiva.

03/05/2023 16h02
Agentes de segurança pública avaliam Micareta deste ano e apontam melhorias para 2024
Foto: Divulgação

Profissionais de segurança pública se reuniram para avaliação final do trabalho efetuado na Micareta 2023, nesta quarta-feira (3). Apesar de ocorrer quase duas semanas após os festejos, o comandante do CPRL, Coronel Piton, explicou que a data da reunião foi decidida em comum acordo por todos os participantes, devido aos feriados de final de abril e inicio de maio.

Durante o encontro foram apontados alguns fatores que precisam ser revisados para garantir melhores festejos nos próximos anos.

“Melhoria de iluminação em alguns pontos, ajuste no fechamento de algumas ruas e também no horário das atrações, pois algumas atrasaram. Alguns lugares alagaram durante a chuva, então precisa rever. Não são pontos que prejudicaram a festa, são situações comuns e, com certeza, no próximo ano também vamos pontuar algo que deve melhorar”, pontuou o Coronel Piton.

Segundo o chefe de gabinete da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Nelson Gaspar, de forma geral, a avaliação foi positiva.

“Percebemos que a segurança pública foi efetiva no seu planejamento e prevenção. É uma festa com aglomeração, bebidas e, ás vezes, uso de drogas ilícitas, os índices de saúde que são razoáveis, então ficamos felizes, pois demonstra que a segurança publica conseguiu conter a violência. Sempre tem algumas situações de casos pontuais, mas quando temos crimes, até mesmo patrimoniais, como tivemos indicies maiores de furto na quinta e sexta-feira, mas já no sábado trabalhamos para diminuir os casos”.

Ainda de acordo com Gaspar, além do planejamento prévio, durante a festa todas as ações executadas foram avaliadas e suplementadas.

A respeito da determinação o governador Jerônimo Rodrigues, para apuração de denúncias de violência cometida por alguns policiais, o Nelson Gaspar afirmou que devidas medidas já foram tomadas.

“Essas agressões estão sob investigação, assim como seus autores serão investigados, processados e terão direito a defesa. Após isso vamos dar a resposta que a sociedade espera e que temos a obrigação de dar”, destacou.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Problemas enfrentados pela advocacia de Feira de Santana no Conjunto Penal são tema de reunião

Problemas enfrentados pela advocacia de Feira de Santana no Conjunto Penal são tema de reunião

Na oportunidade, tanto o secretário quanto o seu chefe de gabinete, ficaram de dar, até...
Feira de Santana
Mutirões agilizam as demandas para atualização e inclusão de beneficiários no CadÚnico

Mutirões agilizam as demandas para atualização e inclusão de beneficiários no CadÚnico

Comunidade tem acesso facilitado a serviços da assistência social
Feira de Santana
Sindicato dos Metalúrgicos de Feira de Santana participa de marcha em Brasília

Sindicato dos Metalúrgicos de Feira de Santana participa de marcha em Brasília

A mobilização busca chamar a atenção para as demandas dos trabalhadores