Política

ACM Neto nega que tenha articulações para receber apoio de Roma e Bolsonaro

“Eu sou um homem de diálogo, não vou deixar de conversar com ninguém, mas esse tipo de coisa não pode ser tratada na base da especulação”, afirma ACM Neto.

26/05/2022 13h05
ACM Neto nega que tenha articulações para receber apoio de Roma e Bolsonaro
(Foto: Reprodução)

Em visita ao município de Feira de Santana, nesta quinta-feira (26), o pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto, negou que tenha quaisquer articulações com o deputado federal, João Roma, e o presidente da República, Jair Bolsonaro para apoio no pleito eleitoral deste ano. 

“O próprio pré-candidato foi à imprensa e desmentiu, porque realmente não existe qualquer conversa acontecendo. Eu sou um homem de diálogo, não vou deixar de conversar com ninguém, mas esse tipo de coisa não pode ser tratada na base da especulação, é um assunto muito sério. Então, quero afirmar e deixar claro que não existe essa especulação que foi divulgada aqui na imprensa”, afirmou.

Ainda segundo o pré-candidato, seu foco principal é olhar o campo político do estado baiano: “Ainda hoje iremos a Ipirá, e amanhã a mais três municípios. E a agenda continua nesse ritmo e velocidade, o que nos fortalece é a principal aliança construída nessa jornada, que é com o povo da Bahia.”

Comentários

Leia também

Política
STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

Prazo dado por Zanin foi para a efetivação de acordo entre governo e Congresso sobre...
Política
“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

Roma mencionou a falta de cumprimento das promessas feitas durante as campanhas eleitorais....
Política
CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

Governistas obstruíram e conseguiram segurar a votação na comissão. Análise deve ficar...