Feira de Santana

“A Câmara Municipal de Salvador não é um puxadinho do executivo” Afirma Geraldo Júnior

“As forças ocultas tentam dissipar informações que não são verdades.” Afirmou Geraldo

14/07/2022 11h17
“A Câmara Municipal de Salvador não é um puxadinho do executivo” Afirma Geraldo Júnior
Foto: Ascom PT

O pré-candidato a vice-governador pelo PT e presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior, participou ontem (13) do aniversário de Santanópolis, na Região Metropolitana de Feira de Santana. Em entrevista ao De Olho na Cidade, ele comentou sobre a aprovação das contas do ex-prefeito de Salvador e pré-candidato ao governo do estado ACM Neto. Segundo ele a comissão de orçamento tem independência para devolver as contas para o Tribunal de Contas caso veja necessidade.

“Claro que eu não municipalizo as eleições, eu estou como pré-candidato a vice-governador mas sou presidente da Câmara Municipal eleito por duas vezes, eleito por mais dois anos de forma antecipada como reconhecimento da casa. As forças ocultas tentam dissipar informações que não são verdades, a Câmara Municipal ela é independente, eu costumo dizer que o futuro da cidade passa pela Câmara Municipal, nós temos uma comissão de orçamento que se respeita presidida pela vereadora Marta Rodrigues, eles tentam disseminar mentiras, será porque ela é mulher, é negra? É a primeira vez na história que uma mulher e uma negra assume a comissão de orçamento, ela tem todo o gabarito, toda a minha confiança e se esta comissão entendendo esta sorte de devolver para que o Tribunal de Contas do Município possa reapreciar esses valores ou esclarecer os fatos que estão difusos a Câmara Municipal tem a legitimidade para apreciar esses fatos.”

Ele afirmou também os vereadores vão agir sem se deixar interferir por pressões externas.

“As contas foram aprovadas com ressalvas e pelo compromisso que eu tenho com a cidade de Salvador, um compromisso que eu tenho com o cidadão soteropolitano, meu senso de responsabilidade requer que eu faça uma apreciação mais minuciosa das contas e vou levar primeiro a comissão de orçamento, depois vou submeter ao plenário da casa. Os vereadores tem o compromisso com a cidade, não vai adiantar pressões externas ou forças ocultas tentando interferir no processo.”

O presidente da Câmara de Salvador voltou a afirmar que tem autonomia e independência para tomar suas decisões.

“Se o ex-prefeito da cidade e o atual prefeito pensam que a Câmara Municipal de Salvador ainda é um puxadinho do executivo municipal, com esse presidente não. Esse presidente se respeita e tem autonomia e independência pela casa, pelos vereadores independentemente de posição ideológica e partidária pra tomar as decisões em defesa da cidade. A Câmara Municipal de Salvador não é um puxadinho do executivo.”

Geraldo Júnior destacou também a posição do MDB da Bahia em relação as eleições.

“O MDB da Bahia é Jerônimo Rodrigues e é Lula. Quem não respeitar, inclusive Feira de Santana, responderá pelo estatuto, pelas decisões da executiva estadual do partido e pelo novo diretório do partido que é conduzido pela vereadora Lú de Ronny.”

*Com informações do repórter André Silva

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Racha na Câmara de Feira: quatro vereadores deixam grupo de Fernando Torres

Racha na Câmara de Feira: quatro vereadores deixam grupo de Fernando Torres

A informação foi revelada por um membro da base
Feira de Santana
Secretário de Agricultura envia projeto de suplementação para reforma de feiras livres 

Secretário de Agricultura envia projeto de suplementação para reforma de feiras livres 

O objetivo é promover uma reestruturação nas feirinhas da cidade
Feira de Santana
Secretaria Cultura apresenta programação fixa até dezembro

Secretaria Cultura apresenta programação fixa até dezembro

Arte na Avenida, Lá na Rua e a Feira de Antiguidades