Brasil

5G estreia no país em Brasília na quarta-feira, diz Anatel

Segundo a agência, Belo Horizonte tende a ser a próxima capital onde a nova geração de internet será ativada

04/07/2022 13h52
5G estreia no país em Brasília na quarta-feira, diz Anatel
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Brasília será a primeira cidade do país a receber a  internet móvel de quinta geração (5G), informou o  conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Moisés Moreira. A capita do país terá acesso à tecnologia nesta quarta-feira (6).

“A equipe técnica deu o ‘ok’, e Brasília será ligada dia 6. Brasília será a primeira capital do Brasil a ter o 5G efetivamente ativado”, disse Moreira, em apresentação durante o evento TeletimeTec, realizado na capital paulista, nesta segunda-feira (4).

A instalação dos filtros foi concluída em Brasília na última sexta-feira, dia 1º, segundo Moreira. A cidade saiu na frente porque havia por lá menos antenas a serem adaptadas em comparação com as demais capitais, explicou o conselheiro.

Por isso, Brasília está sendo considerada um projeto-piloto para ativação do 5G. A partir da experiência no local, podem surgir novas exigências técnicas a serem implantadas nas próximas capitais. Moreira disse que Belo Horizonte tende a ser a próxima capital onde a nova geração de internet será ativada, seguida por Porto Alegre e São Paulo, mas ainda sem data. “Acredito que, depois de Brasília, as outras cidades virão com mais facilidade”, afirmou.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Brasil
Evento de leitura de carta em favor da democracia é iniciado na Faculdade de Direito da USP

Evento de leitura de carta em favor da democracia é iniciado na Faculdade de Direito da USP

Cerimônia com a presença de personalidades acontece nesta quinta-feira (11)
Brasil
Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada

Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada

Valor será de R$ 2 mil este mês para motoristas de carga
Brasil
Eleições 2022: termina hoje prazo para recusar nomeação como mesário

Eleições 2022: termina hoje prazo para recusar nomeação como mesário

Ausência precisa ser justificada perante juiz eleitoral