Programa De Olho na Cidade

BAHIA AQUI ? TRABALHO
25/04/2019 - 07:00

UEFS emite nota pública sobre a greve dos docentes

Economia
UEFS emite nota pública sobre a greve dos docentes
A Reitoria da Universidade Estadual de Feira de Santana, considerando a possibilidade de desconto nos salários dos professores em greve desta instituição, vem prestar esclarecimentos à comunidade universitária e ao público em geral.
 
Os professores da UEFS, UESB e UNEB deflagraram um processo de greve no dia 09 de abril, e os da UESC no dia 16 de abril, reivindicando aumento do orçamento destinado às Universidades Estaduais; efetivação de processos de promoção e progressão na carreira; concessão de mudança de regime de trabalho e reposição de perdas salariais acumuladas nos últimos quatro anos.
 
Vale ressaltar que antes da deflagração do movimento grevista, a Administração Superior da UEFS, seja diretamente ou através do Fórum de Reitores das Universidades Estaduais da Bahia, se predispôs a fazer uma interlocução com o Governo do Estado para que fossem abertos canais de negociação da pauta, a qual já vinha sendo apresentada pelo movimento docente nos últimos três anos, mas sem que tivesse ocorrido um processo de negociação e resposta à mesma. As negociações têm ocorrido dentro dos espaços de interlocução criados pelas representações do movimento docente e do Governo do Estado, e a Reitoria da UEFS tem acompanhado o processo todo, sempre se colocando à disposição para facilitar a continuidade do diálogo.
 
Desde ontem (23), tem sido visualizado no sistema RH Bahia a implantação de faltas a contar das datas das respectivas deflagrações de greve até o fim do mês de abril, com o possível desconto salarial. Cabe esclarecer que em momento algum a Administração da UEFS enviou quaisquer informações que possam implicar no desconto de salários dos professores em greve, porque entende que tal atitude, além de ferir a autonomia universitária, não favorece ao processo de negociação.
 
A Reitoria da UEFS reconhece a legitimidade das reivindicações dos seus docentes, considera fundamental que as negociações sejam mantidas, visando reforçar a busca de respostas para a pauta apresentada, inclusive com uma solução para a garantia de pagamento dos salários.
 
Feira de Santana, 24 de abril de 2019
 
Evandro do Nascimento Silva
Reitor
 
Norma Lúcia Fernandes de Almeida
Vice-reitora

Comentários

Leia também