Programa De Olho na Cidade

Governo
28/11/2018 - 13:37

Toque prostático: receio ainda é a pior alternativa

Novembro Azul
Toque prostático: receio ainda é a pior alternativa
Neuropsicólogo Kleber Fialho
Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBC), nove em cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata tem acima de 50 anos. Apesar do número alarmante, muitos homens tem a barreira do preconceito como um impedimento para a submeção ao diagnóstico retal, acompanhado da vergonha. Além destes fatores, a negligência com a saúde e o medo reforçam a incidência do tumor. 
 
Vergonha - Para o neuropsicólogo Kleber Fialho, o exame deve ser feito precocemente, mas o preconceito se torna um impeditivo para a realização do toque prostático.  "A origem do preconceito está na cultura repassada entre pais e filhos da auto-afirmação da virilidade masculina".
 
Não há como minimizar a influência psicológica do público masculino para a realização do toque, mesmo ocupando o segundo lugar nas causas de adoecimento no Brasil, entre o público.
 
O De Olho Na Cidade vem divulgando a importância dos exames ao longo deste mês de novembro, através da campanha Novembro Azul, e o preconceito ainda é a pior opção quanto se trate do exame de próstata.

Comentários

Leia também