Programa De Olho na Cidade

12/08/2018 - 12:30

De pai a herói: conheça a história de Willians, pai de uma criança com síndrome sem cura

Bruno Araújo, de 2 anos, é portador da doença Allan-Herndon-Dudley que retarda o desenvolvimento mental. Desde os quatro meses de vida, garoto luta para sobreviver.
Dia dos Pais
De pai a herói: conheça a história de Willians, pai de uma criança com síndrome sem cura
O auxiliar administrativo Willians Araújo, 32 anos, ao lado do filho mais velho Gustavo, de 8 anos (Foto: Taiuri Reis)
Taiuri Reis
 
A transformação de um pai em herói. Assim poderia ser resumida a história inspiradora de Willians de Araújo Silva, 32 anos, e Bruno de Castro Araújo, de 2, pai e filho, e a união por uma luta incansável.
 
Nos dois anos mais longos da vida dessa familia, após descobrir que o pequeno Bruno é portador da síndrome Allan-Herndon-Dudley, uma doença rara e sem cura que retarda o desenvolvimento mental, mal sabia Willians que caberia a ele a missão de ser o "herói" dessa história.
 
"Desde os quatro meses de vida dele é uma maratona que envolve toda a família. Não é fácil, pois é uma doença que afeta diretamente o sistema nervoso, impedindo-o, por exemplo, de sustentar a cabeça. Além disso, compromete também o sono", contou o auxiliar administrativo ao Jornal do Meio-Dia Especial Dia dos Pais (Princesa FM 96,9).
 
Apesar de todas as dificuldades, Willians não perde a esperança de ver o filho ter uma vida normal como outras crianças. "Eu aprendi que Deus escolhe os pais especiais para cuidar dos anjos. Então, se ele me escolheu tenho que ser grato por isto. Tem que ter muita fé e viver um dia de cada vez, sem desespero. É mais gratidão do que lamentação", afirmou.

Comentários

Leia também