Programa De Olho na Cidade

09/08/2018 - 10:37

Ninguém pode estar a cima de Deus

Jorge Biancchi
O Supremo Tribunal Federal encerrou o ciclo de audiência pública para debater a ação apresentada pelo PSOL que pede que o aborto não seja considerado crime, quando feito até a décima segunda semana de gestação. O assunto é muito polêmico. Várias instituições foram ouvidas, inclusive representantes da igreja católica, que é muito bem posicionada contra essa discussão de legalizar o aborto no Brasil. 
 
Tivemos em um país vizinho ao nosso uma discussão sobre o aborto. A Argentina, através do Senado, rejeitou o projeto que estava propondo a legalização do aborto no país por 38 votos contra 31 o Senado decidiu que a legislação do país segue como está. O aborto é crime e pode ser punido com até 4 anos de prisão. 
 
Nós esperamos que a decisão do Brasil seja semelhante à que ocorreu na Argentina. Aqui no Brasil o Supremo vai se posicionar. A relatora Rosa Weber vai preparar um relatório que será submetido a votação no plenário.
 
Espero que isso não prospere, por que a ninguém é se dado o direito de tirar a vida de uma pessoa. 
 
O aborto é contra a vontade de Deus e somente Ele pode dar e tirar a vida. Que isso seja respeitado em nosso país, é o que esperamos.

Comentários

Leia também