Programa De Olho na Cidade

11/07/2018 - 16:37

Homem é agredido em agência bancária após reclamar por demora de atendimento

Polícia
Homem é agredido em agência bancária após reclamar por demora de atendimento
Foto: Messias Teles
Na tarde de terça-feira (10), o desportista Claudio Carneiro, de 59 anos, prestou queixa contra um segurança da agência do Banco do Brasil da avenida Getúlio Vargas, em Feira de Santana, após ter sido agredido enquanto aguardava atendimento. 
 
De acordo com Claudio, a lei dos 15 minutos não foi respeitada. Ele resolveu ligar para o Procon e, após um tempo, prepostos da autarquia chegaram e conversaram com o gerente da agência, que não autorizou o seu atendimento. "O Procon chegou e a ordem que eles receberam foi que eu não deveria ser mais atendido. Mesmo assim, eu me dirigi ao caixa, na minha vez, e o segurança veio com truculência, pegou meu dinheiro, um valor de R$ 10 mil reais, jogou no chão. Ele me empurrou e ficou batendo com meu celular no balcão", contou. 
 
Ainda segundo Claudio, outro segurança também o agrediu e chegou a puxar a pistola, fazendo todo mundo sair do local. 
 
"Eu vou entrar com uma ação contra o banco. Não porque eu quero nada deles, mas para aprender a respeitar os cidadãos. Eu tenho direito de ser atendido e eu fui embora sem atendimento. Agora vamos para a Justiça e ver o que vai acontecer posteriormente", disse. 
 
Nossa resportagem tentou entrar em contato com a gerência da agência do banco e o vigilante, mas eles não se manifestaram sobre o caso. 
 
As informações são do repórter Messias Teles 

Comentários

Leia também