Programa De Olho na Cidade

11/07/2018 - 13:24

Professores ocupam Prefeitura e cobram verbas dos precatórios do Fundef

Feira de Santana
Professores ocupam Prefeitura e cobram verbas dos precatórios do Fundef
Fotos: Kleiton Costa

Kleiton Costa

Em estado de greve há cerca de 15 dias, os professores da rede municipal de Feira de Santana ocuparam a Prefeitura na manhã desta quarta (11). Depois de cobrar uma audiência, eles foram recebidos pelo prefeito Colbert Martins paa tratar de diversas reivindicações da categoria.

Entre as pautas, os docentes buscaram um posicionamento do prefeito sobre o pleito da categoria para a destinação de 60% dos recursos dos precatórios do Fundef para os docentes. Os R$ 248 milhões já estão nos cofres da Prefeitura.

Segundo a presidente da APLB, Marlede Oliveira, durante a audiência o prefeito informou que que vai esperar a decisão da Justiça para definir a destinação das verbas dos precatórios. Um recurso da APLB está tramitando no Tribunal de Justiça, processo no qual a entidade sindical quer o bloqueio de 60% dos recursos para destinação aos docentes.

“Os recursos são para a educação. Quem faz a educação? Professores, funcionario, enfim....Em Baixa Grande, o prefeito vai pagar 60% para os professores. Então, etendemos que essa é uma questão que depende apenas da vontade política do prefeito”, disse Marlede Oliveira.

Por conta das reivindicações, os professores do município estão em estado de greve. No próximo dia 26, a categoria fará uma assembleia para decidir os rumos do movimento.

Comentários

Leia também