Programa De Olho na Cidade

06/06/2018 - 16:52

40 empregos temporários foram criados para o mês de junho em Feira de Santana

Comércio concentra mais da metade das vagas oferecidas. Número está abaixo da expectativa, mas é sinal que setor mostra recuperação após greve dos caminhoneiros.
São João
40 empregos temporários foram criados para o mês de junho em Feira de Santana
Lojas de confecções e calçados contrataram maior número de trabalhadores temporários em Feira (Foto: Taiuri Reis)
Taiuri Reis
 
Tem muita gente que vai passar o São João com emprego novo em Feira de Santana. Somente na primeira semana deste mês de junho, 40 profissionais temporários foram contratados com o intermédio da Casa do Trabalhador.
 
 
O número ainda está abaixo da expectativa, é verdade. Mas, segundo o diretor da Casa do Trabalhador, Arlindo Marques, as contratações indicam que o segmento mostra recuperação após a greve dos caminhoneiros.
 
 
"Nós tivemos uma boa demanda em relação à mão de obra temporária para o comércio local este ano, como lojas de confecções e sapatarias, que têm maior procura em comparação aos demais segmentos. A tendência é que a partir de agora tenha uma estabilidade em termos de novas ofertas, já que a maior parte foi contratada pelo setor", explicou Arlindo, em entrevista ao De Olho na Cidade (Sociedade News 102,1 FM).

Comentários

Leia também