Programa De Olho na Cidade

SECOM - BOTTON
17/05/2018 - 13:28

Pacientes com câncer recebem tratamento odontológico e visita domiciliar

Feira de Santana
Pacientes com câncer recebem tratamento odontológico e visita domiciliar
Foto: Reprodução/Secom

Em diferentes bairros da cidade, pacientes com câncer têm recebido assistência da Secretaria Municipal de Saúde. É o caso de Maria das Graças, 58 anos, que tem câncer na cabeça, em estado avançado. Por estar acamada e sem condições de se locomover, ela recebeu, na terça-feira, 15, visita domiciliar feita por profissionais da Unidade de Saúde da Família do conjunto Feira VII.

Ao chegar à residência de dona Maria das Graças, a médica Elida Carolina Lessa fez perguntas à família sobre reações, alimentação e os sintomas apresentados. Marlene Pereira, filha da paciente, informou um quadro característico de resfriado. Imediatamente, a médica orientou a família.

A paciente também recebeu a visita de nutricionista e fisioterapeuta do NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família). “Eles orientaram sobre os alimentos e os exercícios, porque ela está também com trombose”, informa Marlene Pereira.

Atendimento especial também foi garantido no bairro George Américo. Basílio Gonçalves, 85 anos. Acompanhado da filha Rosimeire Gonçalves esteve em sua terceira consulta no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). O paciente tem câncer de próstata e metástase óssea, o que o garante atendimento prioritário.

“Eles são encaminhados antes de iniciar o tratamento contra o câncer na Unacon (Unidade de alta complexidade do Hospital Dom Pedro de Alcântara) e só são liberados para quimioterapia e radioterapia após concluir o tratamento odontológico. O método é uma forma de prevenir algumas complicações bucais, a exemplo da xerostomia (ausência de saliva) que pode causar cárie”, informa a cirurgiã-dentista Juliana Albuquerque.

Para a secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, esses atendimentos reafirmam o compromisso com toda diversidade da população. "Estamos aqui para garantir sempre uma melhor assistência e um atendimento cada vez mais humanizado", ressalta.

Comentários

Leia também