Programa De Olho na Cidade

SECOM - BOTTON
06/05/2018 - 12:35

William Waack é citado em música de combate ao preconceito racial

Entretenimento
William Waack é citado em música de combate ao preconceito racial
O jornalista William Waack já toca a vida normalmente após sua demissão da Globo, por conta de um vídeo divulgado nas redes sociais onde aparece cometendo um ato de preconceito contra negros.
 
Fato é que agora uma música com milhares de visualizações no Youtube cita o ex-apresentador do Jornal da Globo. Em um trecho de 'Poesia Acústica', o rapper MV Bill fala do jornalista. Confira um trecho:
 
Eles são coisas estranhas, vivem num mundo invertido
Burocrata pra agir como bandido
Se eu tivesse um Death Note
Colocaria vários nomes
Pra fuder também quem nos deixar fudido (diz)
Liberto como Django Livre
A revolta da chibata mais "Favela Vive"
Proibido proibir falar de racismo
Mimimi é de quem chama de vitimismo
O tiro que mata, mira no alvo certo
Nem tudo que é escravo é liberto
inimigo é de graça, da porta não passa
Santa protetora tá sempre por perto
Dando proteção (dando proteção)
Para que os inimigo não venham entrar na nossa direção (nossa direção)
Nós estamos de olho em cada movimento da oposição
Continua fluindo positivamente na nossa canção
(Não tenta não, só pega a visão)
Prefiro estar com ela, num rolé a beira-mar
Na carreta muito louco, ouvindo Anderson Paak
Eu sei que é muito foda, nosso barulho incomoda
Isso é coisa preto na visão de Willian Waack.

Comentários

Leia também