Programa De Olho na Cidade

13/03/2018 - 13:08

Acorrentado, aposentado dos Correios protesta contra plano de saúde

Feira de Santana
Acorrentado, aposentado dos Correios protesta contra plano de saúde

Kleiton Costa

Um servidor aposentado dos Correios acorrentou-se em frente à agência da Avenida Presidente Dutra, em Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (13). Os servidores da empresa estatal estão no segundo dia de greve, movimento que tem como principal motivo a insatisfação da categoria com as novas regras do plano de saúde dos Correios.

Almir Nunes, que se acorrentou, disse receber uma aposentadoria que não será suficiente para pagar o plano de saúde após as mudanças. “Trabalhei por 43 anos e depois de aposentado, quando e mais preciso do plano, vou ter dificuldade”, reclamou o aposentado.  

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos (Sincotelba), Everton Brito, informou que, com as mudanças no plano de saúde, os funcionários dos Correios terão que pagar um valor entre R$ 400 e R$ 600. Antes, o usuário só pagava quando se submetia a algum exame, procedimento ou consulta. Além disso, pais dos servidores não poderão mais fazer parte do plano.

 

Comentários

Leia também