Programa De Olho na Cidade

02/12/2017 - 14:53

Martelo batido

Jorge Biancchi

 

Martelo batido! Articulando a provável candidatura ao Senado, o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho está decido a permanecer no partido Democratas. Nos últimos meses, os comentários da política eram que o prefeito poderia deixar o partido e se filiar ao partido da base de Rui Costa.
 
Mas, o martelo já está batido em relação a permanência do prefeito de Feira de Santana no Partido Democratas. O prefeito também declarou que a decisão final sobre a pré-candidatura  será divulgada no início do ano de 2018. 
 
Entendemos que com essa decisão, o prefeito tem a garantia de ACM Neto que terá a sua vaga garantida para disputar o Senado. Antes, existia uma dúvida até pelo cenário do PMDB, partido este que estava fortalecido com Geddel e Lúcio Vieira Lima, certamente um ou o outro seria candidato ao Senado. 
 
Hoje eles estão fora do páreo! O PMDB não tem mais um nome forte para disputar o Senado. Então com duas vagas na chapa de ACM Neto, uma certamente será de José Ronaldo e a outra terá uma briga entre PSDB  e o PMDB correndo por fora. Podendo a dobradinha ser o PSDB que terá um candidato a Presidência da República o atual governador de São Paulo que já conseguiu se viabilizar, então certamente na Bahia o PSDB terá um candidato ao Senado.
 
A chapa já está mais ou menos desenhada para o 2018: ACM Neto, será candidato a governador, José Ronaldo ao Senado e o PSDB certamente ficaria com uma vaga também para o Senado e o PMDB restaria o nome para indicar a vice governador.  Isto no cenário que estamos visualizando hoje, pois a política é muito dinâmica e as coisas podem mudar . As decisões mais concretas serão tomadas depois do Carnaval, mas este é o cenário. 
 
A principio parece que o prefeito de Feira de Santana tomou a decisão correta. O jogo político está equilibrado, as pesquisas hoje mostram o prefeito de Salvador (ACM Neto) na frente,  e quando a campanha realmente começar é que vamos ter uma noção mais clara. 
 
Mas uma coisa é certa! A eleição de 2018 será a mais equilibrada nessa polarização entre PT e Democratas na Bahia. Será uma eleição certamente para ser definida no segundo turno e com este cenário a opção de José Ronaldo de continuar no partido foi acertada.

Comentários

Leia também