Programa De Olho na Cidade

SECOM - BOTTON
23/11/2017 - 13:28

Cerca de 60 mil casos de câncer de próstata já foram registrados em 2017

Novembro Azul
Cerca de 60 mil casos de câncer de próstata já foram registrados em 2017
Médicos de diversas especialidades participaram do Jornal do Meio Dia especial no restaurante Los Pampas.

Kleiton Costa

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que 60 mil novos casos de câncer de próstata foram registrados no Brasil neste ano de 2017. As informações são do médico urologista Carlos Alberto Amorim, que atua em Feira de Santana e participou do Jornal do Meio Dia (Princesa FM) especial em homenagem ao Novembro Azul.

“São dados impactantes. A cada 50 minutos morre um paciente por causa do câncer de próstata. Apesar disso, é uma doença que pode sem bem controlada. Os pacientes que têm um diagnóstico precoce conseguem ter mais êxito no tratamento”, explicou o Carlos Alberto.

Além da importância do diagnóstico precoce, a forma como o paciente vai encarar a doença também é relevante para o êxito no tratamento. É para esse enfrentamento que o apoio psicológico especializado mostra-se necessário.  

“A doença é vista por muitos como diagnóstico de morte. A Psicologia leva as pessoas a um entendimento sobre o que está acontecendo. Isso pode levar a um quadro de depressão, o que não será bom para o tratamento. Se for diagnosticado precocemente, o paciente tem grandes chances de cura”, disse o psicólogo Antônio Lima.

Antes mesmo da busca ao psicólogo, segundo a nutróloga Ane Stéfany, o homem precisa admitir as fraquezas, tarefa que não é fácil diante da cultura machista. “Às vezes é um trabalho absurdo fazer o homem entender que ele precisa de um apoio psicológico”, afirmou Ane.

“Os homens têm que aprender a lidar com as emoções, principalmente o medo”, completou o psicólogo Antônio Lima. 

Com fotos de Danillo Freitas e Kleiton Costa.


Jorge Biancchi e Valdeir Uchôa, âncoras do Jornal do Meio Dia


 

Comentários

Leia também