Programa De Olho na Cidade

14/11/2017 - 09:48

Fachin reduz fiança de Gustavo Ferraz e de assessor de Lúcio Vieira Lima

Brasil
Fachin reduz fiança de Gustavo Ferraz e de assessor de Lúcio Vieira Lima
Foto: Divulgação
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou reduzir a fiança estipulada para o ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador Gustavo Ferraz e para o assessor da Câmara Job Ribeiro Brandão, ligado ao deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), para que eles deixem a prisão.
 
Os dois foram presos em setembro, durante a operação da Polícia Federal que encontrou R$ 51 milhões em um apartamento usado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, na Graça, em Salvador. Eles já deixaram a cadeia e cumprem restrições como recolhimento em casa e outras medidas alternativas à prisão.
 
Job Ribeiro Brandão já havia obtido redução de fiança de 100 para 50 salários mínimos. Com a decisão de Fachin, ele agora deverá pagar somente 10 salários mínimos, montante equivalente a R$ 9,3 mil. Gustavo Ferraz, por sua vez, teve a fiança reduzida de 100 para 50 salários mínimos, correspondentes a R$ 46,8 mil.
 
Eles tiveram digitais encontradas em cédulas de dinheiro dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal no apartamento. O episódio foi a maior apreensão em dinheiro vivo da história da corporação.

Comentários

Leia também