Programa De Olho na Cidade

13/11/2017 - 16:29

Só acontece no Brasil

Jorge Biancchi
Os deputados federais ganharam dez dias de folga. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, não agendou votação para esta semana por conta do feriado na próxima quarta-feira (15). 
 
Dez dias sem nenhum trabalho. Apesar de ser considerada fundamental pelo governo Michel Temer, a proposta da reforma da previdência vai continuar estacionada nas gavetas por mais dez dias. Sem falar na crise política que ainda não foi superada completamente. Sem falar na crise econômica. 
 
Os deputados ignoraram todo esse cenário. O trabalhador comum agora terá férias  que podem ser divididas em até três vezes. São trinta dias para os trabalhadores. Já os deputados que tem regalias e chegam a tirar férias de até 60 dias. 
 
É lamentável que diante de todo esse cenário os nossos políticos não tenham entendido que é preciso mudar. 
 
Não é o trabalhador que tem que pagar essa conta sozinho. Quer dizer que para o trabalhador comum são 30 dias de férias, que podem ser divididos em três vezes. Os parlamentares vão continuar com todas as regalias. 
 
Já não basta um período longo de férias, eles ainda ganham dez dias de folga. 
 
Infelizmente essas coisas só acontecem no Brasil. E o povo não se manifesta, o que é mais lamentável ainda. 

Comentários

Leia também