Programa De Olho na Cidade

06/10/2017 - 07:52

Começam as obras do CAPS I no bairro Olhos Dágua

Saúde
Começam as obras do CAPS I no bairro Olhos Dágua
Oferecer atendimentos, realizar o acompanhamento clínico e promover a reinserção social dos seus usuários, através do acesso e garantia dos seus direitos civis, fortalecendo os laços familiares e comunitários, são alguns dos objetivos oferecidos pelo Centro de Atendimento Psicossocial Infantil (CAPS I), cujas obras foram iniciadas esta semana, no bairro Olhos D'água, com a ordem de serviço autorizada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho.
 
Entre todos os dispositivos de Atenção à Saúde Mental, o Caps tem valor estratégico para a Reforma Psiquiátrica implantada no País, que, através da criação desses centros, tem possibilitado a organização de uma rede substitutiva aos hospitais psiquiátricos.
 
Previsto para ser entregue à população dentro de seis meses, este importante equipamento de saúde vai oferecer atendimento diário, realizando acompanhamento clínico em regime de atenção diária; evitando as internações em hospitais psiquiátricos; acolhendo e atendendo pacientes com transtornos mentais graves e persistentes, e dando suporte na atenção à Saúde Mental na rede básica.
 
Visita ao CAPS III
 
Na oportunidade, o prefeito José Ronaldo e comitiva também visitaram aos obras do CAPS III, que vêm sendo tocadas desde o dia 10 de maio, numa área contigua ao CAPS I.
 
Com a filosofia de funcionamento similar ao CAPS I, o CAPS III vai atender prioritariamente pessoas em intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida.
 
Proporciona serviços de atenção contínua, incluindo feriados e finais de semana, ofertando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental, inclusive CAPS AD. Indicado para municípios ou regiões de saúde com população acima de cento e cinquenta mil habitantes.
 
José Ronaldo esteve acompanhado da secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, do diretor de Obras da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, José Braga Neto, e dos vereadores Cadimiel Pereira e Gerusa Sampaio.
 
As informações são da Secm/PMFS.

Comentários

Leia também