Programa De Olho na Cidade

22/05/2017 - 17:36

Micareta: secretário de Cultura reconhece que apagão foi o maior problema

Micareta 2017
Micareta: secretário de Cultura reconhece que apagão foi o maior problema
Foto: Val Silva

Kleiton Costa

O apagão ocorrido na madrugada do último sábado (20) durante a Micareta de Feira e Santana foi o maior problema ocorrido durante a festa. A avaliação é do secretário de Cultura, Esporte e Lazer do município, Edson Borges.

Durante a queda na rede de energia elétrica, vários tiros foram disparados no circuito Maneca Ferreira, provocando correria de foliões. Sete pessoas foram baleadas, sendo que uma morreu após os primeiros socorros.

A Coelba informou que o apagão registrado na área onde acontece a Micareta ocorreu devido a um defeito apresentado no "isolador de um dos postes do sistema de distribuição" naquela região.

“Apesar do apagão, do ponto de vista da festa foi conforme o esperado. Esse apagão foi o principal problema. Se não fosse o apagão, teríamos uma festa muito mais tranqüila. Ficou uma avenida completamente escura”, avaliou Edson Borges.

Camarotes

Outra situação que provocou desgaste entre os organizadores da festa foi a interdição de dois camarotes da Prefeitura e um da Câmara Municipal. Um dos espaços era destinado aos profissionais de imprensa que trabalharam na cobertura da festa.

A interdição foi feita por casa de vistorias do Corpo de Bombeiros e da Prefeitura após a constatação de problemas estruturais que comprometiam a segurança dos camarotes.

“A segurança tem que estar acima de qualquer coisa. Não podíamos nos omitir e deixar os camarotes funcionar. A empresa [responsável pela montagem dos camarotes] vai ser punida severamente para que isso não aconteça mais”, afirmou o secretário. 

Programação infantil

Edson Borges considera que a programação com atrações infantis foi um sucesso na tarde do domingo. “As crianças se divertiram com boas atrações. Já conseguimos uma vitória, trazendo a Micareta para o dia com um domingo infantil”, concluiu Edson.

Comentários

Leia também