Programa De Olho na Cidade

22/05/2017 - 17:09

Micareta consolidou imagem positiva na segurança, diz delegado

João Rodrigo Uzzum avalia positivamente trabalho integrado dos órgãos de segurança na festa. Cem policiais civis por dia trabalharam na segurança da Micareta de Feira 2017.
Micareta 2017
Micareta consolidou imagem positiva na segurança, diz delegado
O coordenador regional de Polícia Civil do Interior, delegado João Rodrigo Uzzum (Foto: Messias Teles)

Taiuri Reis

Após quatro dias ininterruptos de festa, a excessão da quarta-feira, Feira de Santana amanheceu nesta segunda (22) com cara de ressaca. É o reflexo de uma Micareta onde nunca se viu 'tantos foliões', não mais que policiais civis e militares garantindo a segurança no circuito e no entorno do circuito Maneca Ferreira.
 
A avaliação positiva é feita pelo titular da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil do Interior (Coorpin), João Rodrigo Uzzum. Para o delegado, o trabalho integrado dos órgãos de segurança contribuíram significativamente na redução de ocorrências, apesar do registro de um homicídio dentro do circuito.
 
— Constatamos uma queda considerável na maioria das ocorrências, como crime contra o patrimônio público e rixas. O grande problema foi um único homicídio e três tentativas no interior da festa. Felizmente, encerramos esta Micareta em situação 'razoável' graças a atuação efetiva do 'exército' da PM e dos nossos homens, alguns infiltrados entre os foliões, nas ruas — avaliou Uzzum, em entrevista ao De Olho na Cidade (Sociedade de Feira 970 AM).

Comentários

Leia também