Programa De Olho na Cidade

09/05/2017 - 16:49

Equilíbrio emocional é o principal desafio das mães de primeira viagem

Reportagens Especiais
Equilíbrio emocional é o principal desafio das mães de primeira viagem
Luana Barbosa foi mãe pela primeira vez aos 27 anos. Foto: Taiuri Reis

Kleiton Costa

Desejo natural das mulheres, a experiência da maternidade tem grandes desafios no âmbito emocional, principalmente quando se trata das “mães de primeira viagem”. Medo, cansaço e ansiedade são alguns sentimentos que exigem equilíbrio e paciência das mamães.

 A enfermeira Luana Barbosa, de 27 anos, está vivendo na pele a dores e os prazeres de ser mãe pela primeira vez. Há nove meses, nasceu a sua pequena herdeira. Com um nome bastante original, Benta trouxe novas experiências à Luana.

“Pensei nos desafios e nas renúncias. Mudou tudo. Tinha uma rotina muito diferente. Mas tudo terminou acontecendo de forma automática”, relatou Luana, que foi aprendendo ser mãe aos poucos.

Segundo Luana, a maior dificuldade foi o momento de voltar ao trabalho depois de seis meses de licença maternidade. Nesse período, Luana passou a introduzir alimentos sólidos na dieta de Benta.  “Ela não se adaptou facilmente à alimentação, mas hoje já está muito bem”, disse a enfermeira, em entrevista ao Jornal do Meio Dia (Princesa FM).  

A psicóloga Áquila Talita explica que os problemas de Luana são comuns à maioria das mães. “A mulher passa da condição de filho para mãe. Isso acaba conturbando um pouco o processo, mas em seguida a mãe vive novos sentimentos”.

Áquila salienta que é preciso atenção à rotina das mães por conta das situações em que há possibilidade de depressão pós parto. Segundo a psicóloga, o choro e a insegurança são naturais entre as puérperas, mas a permanência desses sinais pode indicar um quadro patológico.

“Temos que observar a duração desses sintomas. Se é algo que se estende, deve ser tratado porque influencia na relação mãe e bebê”, explicou Áquila. 

Comentários

Leia também