Programa De Olho na Cidade

14/04/2017 - 13:50

Jogador de futebol morre afogado no Rio São Francisco após treino

Esporte
Jogador de futebol morre afogado no Rio São Francisco após treino
O jogador de futebol Roberto de Lucas Santos, 23 anos, conhecido como Heré Barril, morreu afogado na tarde desta quinta-feira (13) no Rio São Francisco, entre as cidades de Juazeiro, no Vale São-Franciscano, e Petrolina, no Sertão pernambucano. Segundo o Globoesporte.com, ele atuava como meia e jogou pela equipe do Petrolina em 2015. Desta vez, ele participava de treinos avaliativos para formação do novo elenco do clube, mas acabou morrendo horas depois.
 
O último time em que o jogador atuou foi o Timbaúba-PE, mas ele pretendia voltar a jogar pela Fera Sertaneja para ficar perto da família.
 
Ao Globoesporte.com, o treinador de goleiros do Petrolina-PE, Clailton Ribeiro, falou sobre a última vez em que se encontraram, horas antes da tragédia. "Ele entrou no vestiário para me agradecer. Disse: 'professor, obrigado por me dar a oportunidade de trabalhar fazendo o que eu gosto, que é jogar futebol. Vou te ajudar a colocar esse time na primeira divisão', disse Clailton.
 
Uma das equipes da carreira de Heré publicou um vídeo para homenagear o atleta morto. "A família Timbaúba FC sentirá sua falta... pois não é apenas Futebol", dizem no vídeo, que mostra momentos do atleta no clube. 
 
O Petrolina-PE também se solidarizou com a família de Heré - que deixou mulher e uma filha - e emitiu nota lamentando o falecimento do jogador. Confira o comunicado na íntegra.
 
"O Petrolina Social Futebol Clube vem por meio desta nota comunicar e lamentar o falecimento do atleta Roberto de Lucas Souza Santos, conhecido como Heré Barril, de 23 anos, que foi encontrado na Ilha do Fogo. O atleta que já jogou pela Fera Sertaneja sob o comando do técnico Neco (2015) e foi junto ao treinador para o Timbaúba, voltou para o Vale do São Francisco por causa de sua família e na tentativa de retornar ao elenco do Petrolina. Atualmente Heré participava do grupo de atletas que passavam pelos treinos de avaliação física e técnica para, se avaliado positivamente, compor futuramente a equipe que será comandada pelo técnico Andrade. O clube lamenta imensamente a perda irreparável da família do jovem atleta. Que todos que admiravam o Heré Barril encontrem o conforto para amenizar esta dor."
 
As informações são do Correio.

Comentários

Leia também