Programa De Olho na Cidade

04/11/2015 - 13:34

Doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo

No Brasil, uma pessoa morre a cada dois minutos por conta da enfermidade.
Novembro Azul
Doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo
No Brasil, 300 mil pessoas morrem anualmente por conta de alguma doença cardiovascular. Isso significa que um óbito a cada dois minutos é causado por esse tipo de enfermidade. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo. O Infarto Agudo do Miocárdio, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e a Hipertensão Arterial são as mais conhecidas. 
 
O infarto agudo do miocárdio é provocado pela falta de sangue e oxigênio no músculo cardíaco, devido à obstrução da artéria coronária. A vítima sente dor no peito, suor frio,  falta de ar e mal estar.  O AVC acontece quando as placas de gordura depositadas nos vasos sanguíneos cerebrais obstruem um vaso cerebral intracraniano. Os sintomas são dor de cabeça, tontura e paralisia de um braço, perna e face. Dependo da extensão da lesão, pode comprometer a fala e os processos neurológicos. 
 
De acordo com cardiologista Ebenézer Públio, na medida em que a pessoa vai envelhecendo é preciso ficar mais atenta aos sinais que o corpo pode dar. "Os infartos e o AVC podem acontecer com maior incidência à medida em que ficamos mais velhos. O organismo vai envelhecendo, há a formação de trombos e qualquer descuidado pode ser fatal. A partir dos 40 anos é essencial que a atenção seja redobrada", alertou o médico, durante entrevista ao Jornal do Meio Dia (Princesa FM).
 
Público disse que não há uma idade certa para prevenção das doenças, mas informou que o infarto agudo do miocárdio acontece com maior incidência nos homens. "Pela lei natural, os mais velhos estão mais sujeitos, mas os jovens não estão livres de serem vítimas de um infarto". 
 
Fatores de risco 

Fumo, pressão arterial elevada, vida sedentária, obesidade, diabetes, além da idades são fatores de extrema relevância que podem levar a pessoa a ser vítima de alguma doença cardiovascular. 
 
Prevenção
 
A princípio, todas as pessoas devem tomar medidas de prevenção para diminuir o risco das doenças. Controlar o colesterol, pressão alta e diabetes, não ingerir bebidas alcoólicas, manter um peso saudável e praticar no mínimo uma hora de atividade física diariamente são algumas das medidas preventivas. 
 
Joanna Morbeck 

Comentários

Leia também