Programa De Olho na Cidade

17/09/2015 - 17:27

Feira chegou a ter 5 cinemas funcionando na década de 60

Primeiros cinemas chegaram a oferecer sessões gratuitas para disputar público.
Feira e sua História
Feira chegou a ter 5 cinemas funcionando na década de 60
Atual sede do Cine Íris, na Rua de Aurora. Foto: blog Bahia na Política

Feira de Santana chegou a ter cinco cinemas funcionando de forma simultânea, período considerado de efervescência entre os amantes de filmes, na década de 60. Nesse período, as principais opções de entretenimento eram oferecidas pelos cinemas Íris, Santanópolis, Madri, Plaza e Santo Antônio.

O Íris tinha acabado de passar por uma reforma que permitiu a ampliação da tela de projeção e dos assentos. A capacidade de público passou a ser de mil pessoas.

Segundo o jornalista e crítico cultural Dimas Oliveira, a violência foi um dos fatores que afastou o público que costumava sair de casa para assistir filmes. “Os grandes cinemas de centro sumiram”, contou Dimas.

Atualmente, apenas um cinema funciona no centro da cidade, oferecendo filme pornô, na Rua Desembargador Filinto Bastos (Rua de Aurora). Trata-se do Cine Íris, que entrou em funcionamento em 1944.  

Histórico

O primeiro cinema de Feira de Santana iniciou as atividades na década de 20, o Cine Teatro Santana. Segundo Dimas Oliveira, o espaço exibia o chamado cinema mudo e funcionou até final dos anos 40.

Logo o Cine Santana passou a ter um concorrente, localizado na Rua Conselheiro Franco, próximo à Praça da Matriz. “Existia uma disputa e até sess&otil

Comentários

Leia também