Programa De Olho na Cidade

01/08/2014 - 08:57

Bahia tem 3º maior número de violações dos direitos de crianças e adolescentes na Copa

O número foi o terceiro maior entre os 12 estados-sede do Mundial, que juntos receberam 7.756 denúncias
Copa 2014
Bahia tem 3º maior número de violações dos direitos de crianças e adolescentes na Copa
Foto: Reprodução

A Bahia registrou 789 denúncias de casos de violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo, de acordo com dados do Disque 100, divulgados pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República.

O número foi o terceiro maior entre os 12 estados-sede do Mundial, que juntos receberam 7.756 denúncias.

São Paulo teve o maior volume, 1.762. O Rio de Janeiro aparece em segundo lugar.

Os registros aumentaram 15,6% durante o torneio, de 12 de junho a 13 de julho deste ano. Uma denúncia pode se desdobrar em vários tipos de violação.

No total, foram 22.437 violações em todo país. Os casos de negligência, que geralmente acompanham as demais, foram os mais numerosos, 7.810.

Em seguida, aparecem casos de violência psicológica (5.587), violência física (5.093), violência sexual (2.972) e exploração do trabalho infantil (726).
 

Comentários

Leia também