Programa De Olho na Cidade

03/08/2013 - 10:51

Feirenses falam da experiência em participar da Jornada Mundial da Juventude

Evento serviu de motivação para os jovens que atuam na Igreja Católica.
Jornada Mundial da Juventude
Feirenses falam da experiência em participar da Jornada Mundial da Juventude
A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), ocorrida no Rio de Janeiro, foi um instrumento de motivação na vida cristã de jovens do mundo inteiro, o que não foi diferente para os feirenses que participaram do evento.
 
O estudante Lairton Almeida, que cursa Geografia na Uefs, atuou como voluntário na JMJ, sendo responsável por guiar turistas que visitavam uma das igrejas históricas do Rio de Janeiro. “Foi uma experiência incrível, de ‘mergulhar’ no amor de Deus. Volto disposto a exercer aqui na arquidiocese o que Deus me deu como graça no Rio”, disse o jovem, ao Programa De Olho na Cidade.
 
Já Eberton de Lima, estudante do Colégio General Sampaio, participou da JMJ como peregrino e ficou admirado com a interação entre os jovens de vários países. “Foi maravilhoso sentir que a Igreja é una. Teve pessoas do mundo inteiro e percebemos a união que a Igreja nos pede”, relatou.
 
Para Eberton, durante a JMJ, o papa Francisco deixou ensinamentos de humildade, respeito e carinho para os jovens.
 
“A JMJ marca a vida de forma intensa. O papa nos convidou a ser uma igreja que vai às ruas para levar a experiência do Cristo vivo”, disse o professor Eduardo Brito, conhecido como Duda, que também foi à Jornada Mundial da Juventude.

Kleiton Costa

Comentários

Leia também